sábado, 27 de março de 2010

A presença da ausência


Quem já viveu sabe o que é. Querer um abraço e não poder ter, querer ouvir a pessoa naquele momento e não poder ouvir. Sabe que por mais cheio que esteja o ambiente onde você está , sempre lhe vem a ideia de estar sozinho.
Ausência é fria quando se quer algo quente para se acolher.
Ausência é grossa quando se precisa de algo gentil para ouvir.
Ausência é como um banho gelado num dia de inverno. É como um quarto escuro quando se sente medo .
A presença da ausência chega , invadi , tortura e reprimi.

Amanda Vieira

1 comentários:

Elania disse...

Muito lindo esse texto (: