sábado, 8 de maio de 2010

Ao lado.


Da janela do meu quarto eu podia ouvir você, podia ouvir o soluço do teu choro, e tinha que me contentar em não poder fazer nada, eu queria ti abraçar, e mostrar que você tinha quem ti amasse, eu.
O seu quarto ficava ali do lado do meu. Eu me lembro de noites em que você não me deixou dormir com sonhos atormentados, e de dias em que a sua música alta não me permitiu estudar.
Eu sei que pra você eu não passo de uma criança ainda, mas eu sei do que eu sinto, sei que ti entendo, e que exageradamente dizendo sou perfeita pra você. Você não sabe disso, não é mesmo?
Apesar de tudo eu insisto, e ainda tenho esperanças, de que um dia pelo corredor, nossos corações se encontrarão e o meu estará muito feliz em ti receber.
Da sua eterna apaixonada vizinha.

Amanda Vieira

8 comentários:

Thais Alves disse...

Liindo *-*'

Sara disse...

Haha, brigada Amanda :] Tambem amo seu blog, e é lindo. Meu celular é desse, ele chega daqui a 2 semanas..

Juliana disse...

Lindoo demais ;)

Nossa deve ser um dilema ser apaixonada pelo vizinho.

Emi disse...

Uau!
Que lindo, florzinha!
Adorei a forma como terminou o texto, bem intenso!
Beijoos!

Thiara Ribeiro disse...

Singelo!!!

é tão bom se apaixonar...

;**

Anônimo disse...

Esthefany Moraes:
Amanda você está de parabéns. Esse texto é liiindo *---*

Juliete Souza disse...

Oii!
Nossa, que lindo o texto.
É sempre bom s eapaixonara mesmo, mas tudo fica perfeito mesmo, quando somos correspondidas... parabéns pelo texto.

bju =D

Rodolpho Padovani disse...

Ahh, q o coração deles se encontrem em algum corredor por ai =)

Bjs...