segunda-feira, 26 de julho de 2010

Apenas mais uma de amor



Eu tentei, mas nunca consegui.
Me prendi na mesma temporada do meu seriado favorito que por acaso me lembra você.
Me comprometi a nunca mais ouvir aquela música que costumávamos dizer que era nossa. Tranquei tudo que você me deu em uma caixa, e coloquei no lugar mais inacessível do meu quarto pra que pelo menos a preguiça me impedisse de ir até lá.
Me forcei a fazer cara feia toda vez que escutava seu nome, mesmo que por dentro eu fosse explodir. Gravei e repeti pra mim várias vezes seus defeitos, as frases idiotas que você me dizia, só pra não querer ti ter por perto.
Bom com o tempo eu aprendi como conviver sem você, mas acontece que conviver pra mim nunca foi o suficiente, sempre quis muito mais que isso, sempre quis viver sem a sua sombra, sem os meus sintomas de você.
Conviver não é o que eu queria, porque alias o meu conviver é bem temporário, é só você me olhar, me telefonar e agir como o idiota de sempre, que eu logo me entrego, na verdade acho que a idiota sou eu. Sou tão vulnerável as suas oscilações, você não sabe o quanto.
Vou parar por aqui, antes que eu transforme esse texto em mais um texto romântico, porque é sempre isso que eu faço.
Um dia viverei sem você e quando esse dia chegar eu aviso.

Amanda Vieira

7 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

Não há como tirar da cabeça aquilo que não sai do coração...

Bjs =)

Maísa Guimarães disse...

nao adiantaa , sempre acabara em romantismo
^^
passa la no meu blog tem novidade(:
beijo

Juliete Souza disse...

Sério, sempre vai lembrar da pessoa, e quando escrever algo, vai acabar sendo romântico. É sempre assim... mas continuamos sempre tentando mudar essas histórias.
Lindo texto. =D
Passa lá no meu blog depois.
http://cordrosachiclete.blogspot.com

Diego Philippe disse...

Primeira vez aki! rs
não queria falar naum, mais como nunca vim aki resolvi aparecer.
Seu blog é muito inteligente e criativo, pois tem sitações maravilhosos neles, e ainda mais ... vc escreve mt bem! embora vc naum ache, vc tá quase na perfeição , basta apenas praticar e estudar. Porem eu sei q vc consegui chegar lá. ;)
Continue smp nesse caminho, q vc tá indo bem demais, lembro quando vc começou era tdo dificil para vc, agora não... agora vc tem textos pra dar inveja em milhares de escritores, maasss isso basta vc achar tbm.

Beijãooo Minha Princesa.

Thiara Ribeiro disse...

"Me forcei a fazer cara feia toda vez que escutava seu nome, mesmo que por dentro eu fosse explodir."

Já passei taaanto por isso!

;*

Juci Barros disse...

Fortíssimo!
Beijos.

Evelyn Ceinwyn . disse...

''Tranquei tudo que você me deu em uma caixa, e coloquei no lugar mais inacessível do meu quarto pra que pelo menos a preguiça me impedisse de ir até lá.''

Mais sempre, sempre chega outra vez, o momento de abrir a caixinha das lembranças.

Estou lendo e lendo, e decidi ficar, me encontrei por aqui, estou ali do ladinho óh <-------------
abraços.