sábado, 27 de março de 2010

Quem não arrisca, não petisca


Sinceramente pra mim não existe essa história de namorar um pouco alguém. Sabe, quando alguém Namora, mas não se entrega, é um pé na sua vida de namorando e um pé na de solteiro. Pra se caso acontecer algo no namoro tem como se equilibrar e ir pra vida de solteira.
Não que mergulhar de cabeça em uma relação de primeira seja a prova real de sanidade, mas faz bem! e como diria Martha M. ''criaturas que derretem-se, entregam-se, consomem-se e não sabem negar-se costumam trazer um sorriso enigmático nos lábios. Alguma recompensa há de ter. '' Já passei por uma experiência assim e hoje eu vejo que não perderia nada em fazer isso no começo.
Eu aprendi que o amor é sempre um risco a se correr, nunca se sabe se você vai ser correspondida, ou se vai amar o quanto a pessoa mereça, mas arriscar é a escolha certa. e se não der certo? tudo na vida é um jogo de superação.

Amanda Vieira

1 comentários:

Elania disse...

E que temos que superar a cada nova descoberta .