sábado, 24 de abril de 2010

Conexão


Você balançou meu mundo a primeira vista. Fez com que eu desconsiderasse qualquer pessoa que se aproximasse de mim, com você por perto.
Eu sempre senti que éramos nós dois, só isso e mais nada.
Não foi como de costume, não foi como se encantar, ou gostar, não foi nada disso.
Foi alguma coisa que eu não sei ao menos explicar, uma espécie de transe, conexão.
Eu soube que pertencia a você. Todas as partes de mim se atraiam como pólos negativos e positivos.
Foi engraçado como em instantes eu ti via nas minhas lembranças, até das que eu não vivi. Nos meus sonhos e pensamentos.
Eu nunca assumi isso a você nem a ninguém, não sei se por medo ou por desconhecer tamanho sentimento.
Mas agora estou aqui. e essa é a minha confissão, a minha redenção.

Amanda Vieira

7 comentários:

Rodolpho Padovani disse...

Encontrar e sentir essas coisas deve ser maravilhoso msm, digo deve, pq até hj não senti nada parecido ou senti mas estava distraido demais pra notar, tento manter meus olhos aberto hj em dia. Talvez eu esteja começando a sentir isso, mas vou deixar o tempo me mostrar a resposta =D
Bjs e até a próxima.

Grafite disse...

Que lindas palavras apaixonadas!!!
adorei...

beiijo

Sara disse...

rsrs' Amanda brigada mesmo *--* Amei seu texto, a katy tá linda :}

Nine Frescorato disse...

Oi! Adorei seu blog, me identifiquei muito com o que você escreve.
Adorei a frase do texto I'm yours: "Por mais estranha que eu me sinta em relação ao seu amor, sei que não posso viver sem ele.". É o que eu também sinto. Seguindo o lua crescente.
=*

joubs disse...

ah, amor. algo tão contraditório, doentio, perfeito e indispensável.

isso pareceu muito uma tia aleatória falando, mas enfim.
amar é como se tivessem roubado seu fôlego, enfiado seu coraçao numa caixinha e te pedissem pra conviver com isso. mas, em certo momento, tudo parece tão... pleno.
eu sei lá, é estranho

mas enfim, bjs ;**

Juci Barros disse...

Belo.

Camila Peres. disse...

muito lindo.