segunda-feira, 12 de julho de 2010

He loves most in


Ironia do destino ou preço pago, você não olha mais pra mim.
Acho que isso é o minimo que eu mereci, por tudo que eu fiz com você.
Você me amava, eu sabia, sim sabia, e tirava proveito disso. Mas acredite não era por mal eu apenas gostava da sua compania, da sua voz e do seu abraço, na verdade ainda gosto.
Eu te considerava um amigo mas você não me via assim. Me fingia de desentendida e inocente quando alguem me culpava. A verdade é que eu deveria ter te ignorado, me afastado, te soltado, mas meu egoísmo falou mais alto que isso, e eu ti mantive aqui, deixava que você me ligasse, deixava que você me procurasse, cheguei ao ponto de por inumeras vezes chorar em seus braços a dor que outro alguem me fazia sentir.
Algum tempo passou, e você me esqueceu, conheceu alguem mais interessante. E o que eu não esperava aconteceu, Senti ciume, senti falta de você, e senti mais por saber que você não me amava como antes, ou melhor não me amava mais. Agora você olhava para outra, escrevia para outra, e ouvia músicas pensando em outra. Sei que eu deveria esta feliz por isso, mas não estou. Talvez eu seje mesmo pior do que imagino.

Amanda Vieira

5 comentários:

Alêê disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fran. disse...

Eu realmente não sou uma pessoa boa, sou egoista e quero sempre mantes as pessoas juntas de mim, mesmo não as retribuindo como merecem .
sabe, adorei seu blog ( hihi, sem egoismo agora, não to tentando fazer você ir no meu e retribuir ok ? )
beijos :*

Thiara Ribeiro disse...

Vi um pedaço importante da minha vida escrito aí!

=)

Thais Alves disse...

Talvez só o ame e não saiba .

Rodolpho Padovani disse...

A gente muitas vezes aprende a dar valor quando perde "/

Bjs...