terça-feira, 3 de agosto de 2010

Remember


A louça de sempre quebrou, o CD favorito arranhou e não toca mais, o vestido de festa rasgou, o papel de carta amassou e de você não se sabe mais.Acho que faço parte das mesmas lembranças que todas essas coisas fazem.


Cansei de esconder o óbvio, você não está mais aqui, nós não estamos, isso dói, mas tem que ser dito.


Mesmo com todas as palavras que escrevo, você ficaria surpreso em saber que meus olhos dizem muito mais ao seu respeito, você entenderia isso se me olhasse outra vez.


Você já me venceu tantas vezes, então me deixa ti vencer agora? Só mais dessa vez...

Esqueça tudo que passou, porque eu esqueci.


Não quero ter que permanecer ali, só nas lembranças. Não sou como uma louça, um CD, um vestido muito menos um papel, sou de carne osso e de coração, que por sinal, ti quer aqui.



De novo.

1 comentários:

tamara furlan disse...

:OOOOOOO sem palavras, esse texto é maravilhoso.